São Paulo proíbe uso de animais em testes de cosméticos

O Governo do Estado de São Paulo proibiu o uso de animais em testes de cosméticos, perfumes e produtos de higiene pessoal, uma decisão que acontece dois meses depois de uma intensa polêmica por causa desta prática, informaram nesta quinta-feira fontes oficiais.

O governador de São Paulo, Geraldo Alckmin, sancionou o projeto de lei aprovado em dezembro pela Assembleia Legislativa do Estado e que limita a realização de testes com animais em pesquisas em saúde, informou o governo.

Em novembro do ano passado, cerca de cem ativistas pró direitos dos animais 178 cachorros que eram usados em testes de laboratório no Instituto Royal, na cidade de São Roque, a 59 quilômetros de São Paulo.

Este ato gerou uma grande repercussão na opinião pública brasileira e rabriu o debate sobre este tipo de prática.

“Fizemos um profundo e amplo estudo do projeto de lei. Entendemos que a matéria deveria ser de âmbito nacional, isso seria o ideal”, afirmou Alckmin em discurso no Palácio dos Bandeirantes, sede do Governo.

A fiscalização da nova lei será realizada pela Secretaria de Saúde, embora ainda não haja previsão de quantos animais poderão ser beneficiados.

Em caso de violação da lei, que ainda não foi regulamentada, as empresas podem ser castigadas com uma multa de até um R$ 1 milhão.

Artigos relacionados

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *

*

You may use these HTML tags and attributes: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>